Track artwork

Divã

João Marcos Cristan on September 18, 2013 20:19

Stats for this track

This Week Total
Plays 2 199
Comments 3
Favoritings 9
Downloads 4
Report copyright infringement

More tracks by João Marcos Cristan

Come Thru (lentinha)

Earl (freestyle)

Dreamy (prod. J. Dilla)

Madruga Song

Apanhador

View all

Sentimentos que espero, nunca levo
E cumes quero atingir, mas não consigo
E quero ser o seu penhasco, não abrigo
Risco incalculado, lado mais impulsivo

Quero noites de repente como espirros e
Lua cheia, fotos novas, seu afeto e
Só verdade, sermos animais amigos
O escondido a mostra parece tão certo e

Se viver é caminhar nesse deserto então
Deixa o tempo derreter no teu umbigo e aí
Quando a noite traz com vento o frio pra perto
Mina, faz o que é esperto e vem curtir comigo aqui

Onde a hora se dissolve em riso e vela e
Em aquarela, impressionismo, não se escore nas
Tuas memórias, ainda que elas sejam belas, vem
Larga essas malas, deixa o ser à própria sorte

Quero você no meu colo como se eu fosse um divã
Dormir suado ao seu lado pra só acordar amanhã
Na caixa um Djavan, então aumenta o som
Sonho, cinzeiro e neon; os ponteiros presos, gelo
A quem importa o que horas são?

A mim não, a mim não, a mim não, a mim não...

3 Comments

3 timed comments and 0 regular comments

Add a new comment

You need to be logged in to post a comment. If you're already a member, please or sign up for a free account.

Share to WordPress.com

If you are using self-hosted WordPress, please use our standard embed code or install the plugin to use shortcodes.
Add a comment 0 comments at 0.00
    Click to enter a
    comment at
    0.00