Track artwork

Olhos Negros - EloyPolemico

EloyPolemico on September 20, 2012 12:25

Rap

Stats for this track

This Week Total
Plays 4 7502
Comments 69
Favoritings 82
Downloads 100

Uploaded by

  • Report copyright infringement

    In 9 Sets

    • 42

      4 Tracks, 14.11
    • Melhores

      3 Tracks, 11.33
    • Ncn

      4 Tracks, 12.04
    • Rap

      35 Tracks, 2.31.04
    • New

      5 Tracks, 13.25
    View all

    In 1 Group

    More tracks by EloyPolemico

    Monstros [Repdemia] - Eloy Polemico

    Amor aos Pedaços - EloyPolemico

    Waterfall - Eloy Polemico

    Instante - EloyPolemico

    Chata - EloyPolemico

    View all

    [Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
    Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Oscar Wilde – Loucos e Santos]

    Sempre no fundo do busão
    Ou tipo ultimo vagão é sempre o mesmo rumo
    sempre o mesmo fumo, mesmo sumo
    da sua mente suscetível
    eu sempre elevo o nível
    eu gosto de jogar no hard,
    alcool na ferida arde
    mas a dor da mente é muito mais letal
    dilema de Rubião
    Eu não sou de Sião
    mas me prendem no que digo, a síntese da estratégia
    quem é que remaneja cada passo seu,
    cada passo meu, cada traço num desenho preto e branco?
    nós somos preto e branco
    E só alguns rolam barranco atrás da misera moeda traiçoeira
    me movo a noite inteira pra unir cada momento
    eu mixo vários pensamentos
    quase no mundo de Bob
    onde meu salário sobe
    rimar nunca foi hobby
    Hoje é bem diferente o modo como a fila anda
    Me vem na mente aquele filme tenso Hotel Ruanda
    Aroma de lavanda pra ocultar as fezes do governo
    sim a tv não é pra mim, mas vejo clipes
    mudo de mundo em cliques,
    Meu sonho é a origem, certo como na matrix
    eu nunca to dormindo é um bom nome pra uma mix
    mas deixo os devaneios desço naquele lugar
    onde há vista do mar, sem ninguém pra perturbar
    Mas da pra se afogar num mar de rosas também
    pois quem tem, tem, mas nem sempre quem tem, vive bem

    Refrão
    Meus olhos negros não chamam atenção
    Mas posso ver além
    Eu posso ver além...
    Meus olhos negros não chamam atenção
    Mas posso...
    Eu sei que, eu posso
    Eu posso, Eu....

    Seus bens te dominam, como a sublime imagem de poder
    que eles te dão, mas são apenas imagens de poder
    é difícil não ceder, com cada inimigo de Uzi
    por isso abuse e use dessa arte popular
    mas deixo em particular, fica entre a gente
    confio em cada um que me pareça diferente
    sem tempo pra errar, eu susto o cheque, antes que o xeque mate
    Esse é dos que sempre morde e nunca late
    Faço que é preciso, pra eu poder fazer o que quero
    Abuso do argumento, não fico de lero lero
    Sampleando a lira de Nero, construo alguns degraus
    Não como Richard Strauss, com os Nazi Nazi
    Sempre to na contra mão, malandro kamikaze
    Tem quem não passa de fase, mas quer ganhar no grito,
    Eu não me precipito, com mitos, e alguns reais
    Mas sob o céu de Ícaro me elevo ainda mais

    Refrão.

    HOMEMADE beat por EloyPolemico

    69 Comments

    66 timed comments and 3 regular comments

    Add a new comment

    You need to be logged in to post a comment. If you're already a member, please or sign up for a free account.

    Share to WordPress.com

    If you are using self-hosted WordPress, please use our standard embed code or install the plugin to use shortcodes.
    Add a comment 0 comments at 0.00
      Click to enter a
      comment at
      0.00